sexta-feira, 2 de abril de 2010

Hoje um Homossexual irá morrer e outro irá chorar

Eu vi esse texto na comunidade do orkut "homofobia nunca mais!!!" e me senti na obrigação de postar ele. Por favor, leia!!!
È de autoria de Luis CLaudio:
Perfil: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=117842885290089000

Hoje um Homossexual irá morrer e outro irá chorar

Pouco importa que um indivíduo nos odeie, nos desfaça e chegue a expressar nojo pela nossa presença. Já fomos bem mais escorraçados que isso. Pouco importa que este mesmo indivíduo destile seu ódio, ainda que calculado, como forma a se distanciar do nosso jeito de ser criando a ilusão que há um "lado do bem" e um "lado certo" em oposição a um "lado do mal" e "errado". A toda hora e a todo instante somos classificados assim. Mesmo quando acreditamos que somos aceitos ou tolerados.

Nas suas costas, assim que você sai. À sua volta, assim que você passa. Na hora que você recebe o troco, paga a conta ou desconta um cheque. Não é paranóia. Nem perseguição. É simplemsemte o lugar-comum. Viadinho, bichinha, maricona ou boiolão. E pouco importa sua cor, pouco importa seu título de mestre ou doutor. Ou seu emprego bem-remunerado do concurso público. Não se iluda. Não há respeito.

Pois você é a peste. Você é a doença ambulante. Você é o pecado. Você é o vício. Você é o fim da família.

Não acredite na segurança de seu carro blindado, do seu celualr programado, nem das sete fechaduras na sua porta ou no seu cão bem treinado. Você será atingido de alguma forma. Quando ligar a TV, quando acessar a internet ou quando passar pelo estádio de futebol. É sem maldade é claro. Mas está lá sempre ecoando na sua cabeça: viado, filha da puta, vai se foder, tem que morrer.

E assim você se agrupa, vai nos barzinhos gls, não dá pinta, não fecha, não ferve, não vive, não trepa, não age. Assim você fica em frente a TV torcendo para que um gay, tão indefeso e tão vulnerável como eu ou você, revide, lave sua alma, se vingue. Ainda que esse gay não seja aquele que você quer pra você pois ele é fresco demais, biba demais, afetado demais.
Mas você se indigna, sempre. Afinal você faz partee de comunidades contra a homofobia, até a dona de uma comunidade que você aprticipa vai estar num realitiy show e ,com certeza, vai lutar por você. Afinal o mundo mudou. Todo mundo é simpatizante. Todas os lugares estão cheios de "amigos dos gays".

Então porque milhões de pessoas (mas foram todos manipulados, hackers homofóbicos, a mídia cristã, etc,etc,etc) resolvem dar um basta nesta sua festa colorida? Ou você acha que essas paradas gays, que viraram uma micareta sexual e sem vergonha, não agride as famílais de bem? Ou você acredita que só os evangélicos estão de olho em você?

Todos estão de olho em você. Seu vizinho olha seu lixo gay. Seu patrão olha seu jeito gay de trabalhar. Seu cunhado olha seu jeito carinhoso com seu sobrinho. Seu amigo hetero olha onde você coloca a mão quando senta no banco do passageiro. Seu namorado olha para você se você está dando muita pinta. Seu inimigo acompanha você passo a passo.

Por isso, quando você pensa o porquê do seu país escolheu premiar quem lhe odeia, um homossexual está chorando pois seu pai ou sua mãe o odeia e lhe disse isso minutos atrás e até mesmo o estapeou para ver se "resolve a virar macho ou mulher". E quando você disser que isso não tem a nada a ver com você, afinal de contas você é um ser humano acima de rótulos e detesta "esse povo do gueto", um homossexual vai ser agredido saindo da aula, saindo da boate ou quando descer do ônibus no seu bairro humilde. Agredido ,e se não tiver sorte, até a morte.

Por isso, não se surpreenda se o big brother da TV detestou você. Desligue o aprelho e olhe o redor É pior.

Bem pior que o que você acha que vê..

Nenhum comentário:

Postar um comentário